Taxa de entrega de email marketing: como melhorar os seus resultados?

Taxa de entrega de email marketing: como melhorar os seus resultados?

Taxa de entrega de email marketing: como melhorar os seus resultados?

Você se esforça para criar o email marketing perfeito, usa toda sua criatividade, escreve um bom conteúdo, assegura que esteja chamativo… Mas percebe que as taxas de engajamento não estão boas. Desanimador, né?

Quem trabalha com email marketing sabe que existem fatores que auxiliam para que seja de fato, efetivo. Mas talvez o problema não seja a mensagem e sim a entrega dela. 

Para evitar isso, é importante estar atento a um fator essencial no email marketing: a entregabilidade. Hoje, a IAGENTE vai te ensinar como garantir que o seu email seja entregue. Vamos lá?

O que é a taxa de entrega?

A taxa de entrega, como o nome já diz, nada mais é que a quantidade de emails que chegam ao destino final. Ou seja, emails que efetivamente chegam a caixa de entrada do cliente. Por exemplo, digamos que se você tem 100 emails e realiza um disparo, se todos receberem você teria uma taxa de entrega de 100%. Seria maravilhoso, né?

Porém, na prática não é bem assim que funciona. 🙁 Entre o botão de enviar e o clique de abertura do cliente, podem ocorrer inúmeras situações que diminuem suas taxas de entrega. A boa notícia é que grande parte desses problemas você pode evitar. Dentre os erros mais comuns estão:

  • Digitar errado o email;
  • Emails identificados como SPAM pelos Provedores;
  • Email com perfil Rolebased (emails de departamento);
  • Contas de email inexistentes;
  • Compra de lista de emails com muitos emails errados ou antigos;
  • Caixa de entrada lotada.

Existem também, dois pontos básicos que se não estiverem alinhados são motivos para que seus emails não tenham uma boa taxa de abertura e clique, como a qualidade da lista de contatos, qualidade do seu servidor e claro, a reputação do seu domínio.

Mas, mais importante do que saber os erros, é saber como evitá-los, né? Para fazer com que seus emails tenham uma boa taxa de entrega, algumas dicas devem ser seguidas: 

1 – Construa uma lista de emails confiável

Primeiramente, saiba construir uma lista de emails certa, prospectando clientes e convidando a deixar o seu email espontaneamente. Ofereça algo em troca: uma informação, um post com um conteúdo relevante, um ebook, aprenda a utilizar as ferramentas para a captação de emails. 

2 – Os emails estão certos?

Você realizou uma boa prospecção, conseguiu inúmeros emails, mas tenha certeza de que estão corretos. Não esqueça de conferir se nenhum nenhum está duplicado, caso contrário serão chances desperdiçadas. Envie um email e acompanhe se a entrega será efetiva, tenha certeza de que aquele email é realmente confiável. 

3 – Não compre listas de emails!!!

Essa atitude é a maneira mais rápida e fácil de ir a lugar nenhum. Comprar listas de emails é um tiro no escuro, você não sabe quem são aquelas pessoas e elas não sabem quem é você. Não são emails conquistados de maneira natural, mas emails aleatórios que você não faz ideia de onde surgiram. Além disso, possivelmente suas mensagens serão taxadas como SPAM, ou ir direto para a lixeira

Em geral, mais vale 10 contatos confiáveis e que você conseguiu de maneira amigável, do que 100 que você desconhece. Afinal, ninguém consegue de cara uma lista enorme e super engajada. Além disso, pode ser frustrante ver que as taxas de abertura e outros números não estão correspondendo às suas expectativas. :/

4 – Email marketing, taxa de entrega e hard bounce

Você já ouviu falar em hard bounce? Essa pequena palavra nada mais é do que uma das principais métricas para medir a qualidade das listas de envio de campanhas. O hard bounce ocorre quando um email é rejeitado por um erro, seja ele permanente, como email inexistente, ou temporário como caixa de entrada cheia. 

O hard bounce determina a taxa de sucesso das campanhas por email, ao medir se o email disparado chega a caixa de entrada ou não. A solução para isso é a remoção dos emails classificados nessa categoria, até porque se ele continuar na sua lista o erro continuará acontecendo e afetando os disparos. Além disso, tenho uma dica a mais, a IAGENTEmail higieniza os emails assim que um email com hard bounce é identificado.

5 – Dica bônus: IAGENTEmail e o SPF

O IAGENTEmail oferece um recurso que permite configurar o SPF (Sender Policy Framework) de sua conta e aumentar a taxa de entrega. Situação é simples: ao configurar as regras de SPF do seu domínio, os provedores serão informados que o IAGENTEmail está autorizado a enviar emails em nome do seu domínio. Essa autorização evita que o email caia na caixa de lixo eletrônico ou seja taxado como SPAM, o que aumenta a taxa de entrega na caixa de entrada.

Na prática, essas dicas servirão para aumentar consideravelmente sua taxa de entrega (me agradeça depois ♥) e, por consequência, aberturas e cliques. Além disso, sua estratégia de envios vai poder ser executada com segurança, sem nenhuma surpresinha indesejada… 🙂 

Agora que você aprendeu algumas dicas de email marketing, que tal experimentar nossa ferramenta de envio?

iagente-mail-testar-gratis

Junte-se aos nossos assinantes.

Receba as notícias do nosso blog, quentinhas, direto do forno.



Assine nossa newsletter.





Posts mais vistos


  • Ebook: iagente email marketing