Gatilhos mentais: O que são e como você pode utilizá-los na sua estratégia de marketing

Gatilhos mentais: O que são e como você pode utilizá-los na sua estratégia de marketing

Gatilhos mentais: O que são e como você pode utilizá-los na sua estratégia de marketing

No dia a dia das pessoas, suas decisões são pautadas, na grande maioria das vezes, em conceitos emocionais ou sociais do que racionais. Os gatilhos mentais trabalham diretamente nessa fragilidade humana.

Podem ser descritos como uma técnica de persuasão de marketing que, por meio de estímulos cerebrais, incentivam um cliente a tomar uma ação, provavelmente de compra. Esse tipo de ação é muito utilizada pelo varejo. Basta parar e pensar: já precisou buscar argumentos que defendam uma determinada aquisição, depois de ter comprado por impulso? Pois é, essa estratégia é muito utilizada por empresas que querem impulsionar suas vendas e conquistar um engajamento maior.

O ponto principal a se trabalhar é a capacidade de provocar nos leitores de sua mensagem uma reação imediata, que incentive alguns pontos cerebrais a criarem soluções rápidas e que tragam algum resultado para a sua empresa. É como uma indução de elementos psicológicos que formam uma opinião imediatista a respeito de um serviço ou produto.

Existem uma série de gatilhos mentais usados diariamente pelas empresas e, fazer uso dessa técnica, é mais fácil do que parece. Vamos entender um pouco mais sobre como eles funcionam?

 

3 GATILHOS MENTAIS EFICAZES

Existem alguns modelos de gatilhos mentais que podem ser utilizados em ações de marketing diferentes mas, que sempre têm o objetivo final parecido: conquistar um público maior e fazer com que essas pessoas se interessem cada vez mais pelos seus produtos.

É importante entender a funcionalidade de cada um e saber identificar quais deles podem ajudar melhor na sua ação. Que tal conhecermos 3 tipos de gatilhos mentais que possuem finalidades distintas? Vamos lá.

 

  • ESCASSEZ

Trabalhar com o sentimento de escassez é um dos gatilhos mentais mais utilizados pelo mercado. Aqui você vai causar um sentimento de perda no consumidor e, com isso, limitar o consumo deste produto, o tornando especial e até inalcançável. Neste caso, pode-se, por exemplo, anunciar que existem poucas unidades de uma determinada mercadoria, sempre sendo realista com os seus clientes.

Frases como “últimas unidades”, “aproveite que o estoque está se esgotando” e “corra antes que acabe” são as mais utilizadas neste caso. Então, é importante sempre manter o controle do seu estoque e identificar os produtos que, de fato, estejam causando um impacto maior nesta ação.

 

  • SENSO DE URGÊNCIA

Nesse caso, é explorado uma das principais características da humanidade que é a procrastinação. Como a maioria das pessoas deixa tudo para última hora, o principal objetivo desse gatilho é fazer o consumidor relembrar que precisa tomar uma decisão de compra imediata e que o seu produto ou serviço, são as melhores opções para auxiliá-lo nesse momento.

“É por tempo limitado”, “edição especial” e “últimas unidades” são bons termos para se usar aqui. Essa ação aumenta consideravelmente o potencial de vendas da empresa, além de, fazer com que o cliente explore mais sua loja, seja ela física ou virtual, e descubra outros produtos que queira comprar.

 

  • INFLUÊNCIA SOCIAL

Esse é um dos gatilhos mentais que mais regem o dia a dia das pessoas de modo geral, mas na hora de adquirir um determinado produto esse ponto é um dos mais levados em consideração.

É muito comum que as pessoas queiram fazer parte de grupos sociais e, cabe a você, utilizar isso a seu favor e conseguir conversões ainda maiores. Neste caso, é possível convencer o consumidor de que a necessidade de adquirir um produto que faça ele se encaixar em seu ambiente social de preferência, deva ser considerada.

“O smartphone da moda”, “A maquiagem das blogueiras” ou “A viagem dos sonhos de todo mundo”, são pontos a serem tocados. Com isso, resultados mais interessantes podem ser conquistados.

Dito isso, podemos dizer que os gatilhos mentais são peça-chave para vários tipos de estratégias de marketing, já que estes atingem diretamente o emocional dos seus consumidores. E é exatamente por tocar nesse ponto que deve ser utilizado com muito cuidado e responsabilidade, para evitar quaisquer problemas futuros.

 

Utilizando de maneira correta, é possível aumentar consideravelmente seu número de conversões e ter, cada vez mais, produtos e serviços adequados e que atendam a esses sentimentos de desejo que os clientes vão tendo. Eles são amplamente adotados em estratégias de marketing digital,  principalmente nos e-mails, conheça o IAGENTEmail.

Powered by Rock Convert

Junte-se aos nossos assinantes.

Receba as notícias do nosso blog, quentinhas, direto do forno.



Assine nossa newsletter.





Posts mais vistos


  • Ebook: comunicação por sms