E-mail transacional: por que as empresas deveriam investir nele

E-mail transacional: por que as empresas deveriam investir nele

E-mail transacional: por que as empresas deveriam investir nele

Quando empresas decidem adotar o e-mail como estratégia digital, geralmente se deparam com uma dúvida: para e-mails em grandes quantidades e de cunho promocional, posso usar o e-mail marketing, mas para envios automáticos e personalizados, qual a melhor solução?

Bem, uma boa alternativa é o SMTP ou Simple Mail Transfer Protocol, na tradução da sigla, também chamado de e-mail transacional. O conhecimento sobre essa modalidade de e-mails costuma ser raso e gerar dúvidas. Isso acontece porque o e-mail transacional é bem menos divulgado e comentado no mercado do que o e-mail marketing, por exemplo, mas não menos importante para os negócios.

Afinal, o que é e-mail transacional?

Para facilitar o entendimento: o e-mail transacional é usado para envios de e-mails individuais, de forma automática, após alguma interferência (seja no site, sistema, e-commerce, etc.), exemplo: cadastro em uma newsletter, baixar um ebook, compra de um produto. O agendamento de uma consulta pode iniciar uma série de envios de e-mails, automaticamente, para manter um cliente informado sobre os próximos passos, o andamento de um pedido ou simplesmente uma para envio de uma lista de dicas.

Por isso, podemos afirmar que o e-mail transacional é, de certa forma, um comunicado que inicia-se a partir da ação do usuário ou cliente (reação). Já o e-mail marketing parte da empresa (ação).

E-mail marketing e e-mail transacional se complementam?

Vale destacar ainda que o SMTP tem uma vantagem: permite ser integrado a qualquer sistema, como o ERP, por exemplo. Também é dele a função de realizar disparos a partir das rotinas como o envio de um DOC ou a confirmação de uma compra.

Dá para notar a diferença entre e-mail transacional e e-mail marketing? Sim! Por isso, não é raro encontrar empresas que utilizam as duas modalidades de e-mail: uma para notificar ações dos usuários, outra para potencializar a venda e o engajamento destes com a marca.

Para finalizar, outra característica do SMTP é que ele é focado em envios em pequena escala, enquanto o e-mail marketing permite envios em massa.
E aí, agora ficou fácil de entender?

Na IAGENTE, as empresas têm à disposição uma plataforma completa para o envio de e-mails transacionais que fornece, inclusive, relatórios detalhados com dados sobre visualizações, cliques, cancelamentos e até geolocalização. Ficou com mais alguma dúvida sobre essa modalidade de e-mail? Estamos prontos para esclarecer todas as suas dúvidas.

Junte-se aos nossos assinantes.

Receba as notícias do nosso blog, quentinhas, direto do forno.



Assine nossa newsletter.





Posts mais vistos