Checklist do e-mail marketing

Checklist do e-mail marketing

Checklist do e-mail marketing

Apesar de ser uma ferramenta prática e simples de operar, o e-mail marketing precisa ser bem planejado e elaborado nos mínimos detalhes para um disparo sem erros.

Quem pensa que basta criar um conteúdo qualquer, selecionar os contatos e enviar a mensagem, tem grandes chances de ser mal sucedido na estratégia. Até porque, quando o assunto é e-mail marketing, não existe edição capaz de maquiar os estragos feitos, como se faz em uma postagem de rede social, por exemplo. A verdade é que os resultados só vêm quando a estratégia é muito bem construída e a execução bem feita.

Com frequência, o time de profissionais da IAGENTE recebe questionamentos do tipo: por onde devo começar? Diante dessas dúvidas, a IAGENTE decidiu criar o Checklist do E-mail Marketing. A ideia é mostrar, de forma didática, a sequência lógica que deve ser seguida para estruturar campanhas de e-mail marketing de sucesso.

São 5 etapas a seguir toda vez que um disparo estiver no radar. Confira o passo a passo:

ETAPA 1 – Planejamento

Antes de colocar a mão na massa, tenha claro qual o propósito e o que se quer com seu e-mail marketing: realizar uma venda? Passar uma informação simples (um aviso de feriado, por exemplo)? Ou aumentar as curtidas em sua Fanpage? Essa etapa deve guiar todas as ações que virão na sequência. É o momento de definir claramente os objetivos do e-mail a ser enviado, o formato que irá assumir e a quem se destina.

Em seguida, foque na segmentação da base para personalizar ao máximo o e-mail. Defina os critérios dessa segmentação e os interesses de cada usuário que será impactado pela mensagem. A partir disso, fica mais fácil pensar no conteúdo e na identidade que o e-mail assumirá.

ETAPA 2 – Calendário

A etapa 2 envolve a escolha das datas e horários, e o intervalo de tempo para os envios da campanha. A dica é analisar as preferências do público e horários em que eles estão mais propensos a abrir e-mails. O mais indicado, nesse caso, é fazer testes diversos e verificar qual horário tem mais apelo.

Não existe uma regra aplicável para o melhor dia e horário para o envio de e-mails marketing. A recomendação é testar, testar e testar. Isso vai variar muito em função do tipo de conteúdo disparado, perfil do público e conteúdo/serviço oferecido.

ETAPA 3 – Conteúdo

Essa é uma fase sensível da montagem do e-mail. Oferecer conteúdo valioso, com um título instigante e original, é a cereja do bolo de qualquer campanha. É preciso se colocar no lugar do destinatário que irá receber a mensagem para desenvolver um conteúdo rico e que seja passível de ser lido.

Busque a diferenciação e seja relevante. O comportamento da base também deve ser monitorado para decidir o tipo de conteúdo que tem mais apelo junto ao público. Em alguns casos é preferível lançar mão de conteúdos informativos. Em outros, promocionais.

A melhor sequência para estruturar o conteúdo é: produção dos textos do e-mail; pensar no título do e-mail (crie até 5 títulos diferentes e, antes do disparo, escolha o mais relevante e original); e, por fim, faça a revisão do texto.

ETAPA 4 – Layout

Busque construir um layout atraente e com imagens leves para que o e-mail não seja caracterizado como spam. Quanto mais rápido as imagens carregam, menos tempo o destinatário terá que esperar para ler o conteúdo e interagir com ele.

Outra questão importante: utilize mais texto do que imagem no e-mail. A proporção de 60% de texto e 40% de imagem é bastante adequada. A recomendação é o uso de imagens apenas para ilustrar o produto ou o serviço. O conteúdo deve vir em formato de texto, por dois motivos: evita que o e-mail caia no spam e o outro, é que caso a imagem não abra automaticamente, o usuário conseguirá ao menos ler o conteúdo escrito. O uso de Call to actions (CTAs) ou mais conhecidos como aqueles botões que levam para uma determinada página da web, também são muito recomendados no corpo do e-mail, pois induzem o leitor ao clique.

ETAPA 5 – Disparo

Na fase final da construção da campanha de e-mail marketing, vem o disparo. Nessa etapa, o foco deve estar centrado na segmentação definida ainda na fase do planejamento. Crie as segmentações, envie um e-mail de teste, faça a revisão final e defina o horário para o disparo. Ah, e não esqueça de contratar uma ferramenta de boa reputação. Recomendamos a IAGENTEmail, que tal? 😉

ETAPA 6 – Análise    

Feito o disparo, agora é a hora de monitorar os resultados. Algumas métricas do e-mail marketing são fundamentais para analisar o êxito da campanha. Entre os principais indicadores que devem ser observados, estão: taxa de entrega, de abertura e de cliques, taxa de rejeição (marcação de SPAM, hard e soft bounces e contatos que solicitaram descadastro). Ao avaliar essas variantes, fica mais fácil de entender os acertos e erros do disparo e fazer as correções necessárias para as próximas campanhas.

Agora é com você!  Ao seguir esse roteiro, fica mais fácil se organizar para que as campanhas de e-mail sejam um verdadeiro sucesso. Se ainda sim permanece com dúvidas ou dificuldades para realizar seu primeiro envio, entre em contato com nossa equipe de suporte, ok?

Junte-se aos nossos assinantes.

Receba as notícias do nosso blog, quentinhas, direto do forno.



Assine nossa newsletter.





Posts mais vistos