Qual a frequência ideal para trabalhar no e-mail marketing?

Qual a frequência ideal para trabalhar no e-mail marketing?

Qual a frequência ideal para trabalhar no e-mail marketing?

Técnicas de e-mail marketing são ótimas soluções de vendas que ajudam empresas a atingir melhores resultados por meio de comunicação direta. Entretanto, para que essa metodologia funcione conforme o esperado é fundamental que ações planejadas e estratégicas sejam colocadas em prática. Dúvidas sobre a frequência ideal para e-mail marketing enviados, conteúdos abordados e como trabalhar com listas de contatos são comuns entre profissionais iniciantes da área.

Para ajudar a entender qual o volume ideal para trabalhar em campanhas de marketing digital, separamos algumas dicas importantes. Leia este conteúdo até o final e descubra como saber a quantidade certa de e-mails para enviar ao seu público.

Quantos e-mail marketing enviar por semana?

Mesmo sendo uma estratégia muito comum entre empresas de diferentes ramos, uma dúvida muito frequente é com relação à quantidade ideal de e-mails que devem ser enviados por semana. E a resposta é: depende.

Assim como diferentes estratégias de marketing, neste caso é essencial que, antes da criação de campanhas, um plano de ação seja desenvolvido. Afinal, é necessário que para se comunicar com a sua audiência você entenda as necessidades e desejos dela e saiba como a sua empresa consegue se comunicar com o seu público de forma assertiva dependendo do serviço oferecido.

Como definir uma quantidade de e-mails?

Para facilitar suas futuras estratégias e te mostrar como escolher a quantidade certa de e-mails para mandar aos seus consumidores, separamos algumas dicas. Veja logo abaixo alguns passos que podem facilitar na implementação dessas estratégias.

Entenda a demanda do seu público

O primeiro passo para se comunicar com os seus consumidores, seja por meio de e-mails ou quaisquer outras ferramentas, é entender as necessidades e preferências do seu público. Por isso, tenha em vista alguns pontos de avaliação fundamentais na hora de avaliar sua comunicação. Alguns deles são:

  • Retorno dos consumidores acerca dos conteúdos compartilhados;
  • Análise de métricas (taxas de recebimento, abertura, cliques e conversões de e-mail);

Vale ressaltar que pesquisas de mercado com o público destinatário dessas mensagens também podem ser de grande valia. E que testes fazem parte de campanhas de e-mail, inovação exige riscos e aprendizados, o importante é saber como lidar com cada situação e aproveitar o melhor para garantir resultados.

Defina o objetivo dos seus e-mails

Outro ponto fundamental na hora de montar o plano de comunicação é definir o objetivo dos seus conteúdos. Sem um foco inicial e uma boa definição da mensagem dos seus e-mails, seus conteúdos podem se tornar menos efetivos, prejudicando a entrega e conversão dessas mensagens.

Alguns questionamentos importantes para se fazer antes de enviar qualquer mensagem são:

  • Qual o objetivo desse conteúdo?
  • O que e como você vai falar isso para os leitores?
  • Que ação do cliente você pretende despertar após a leitura da mensagem?
  • Em que meio você veiculará esse conteúdo?

Campanhas de marketing não são extremamente complexas, contudo exigem planejamento, análises e ações constantes.

Mas, afinal, quantos e-mails semanais eu devo mandar para os meus contatos?

Agora que você sabe quais fatores levar em conta para definir uma campanha de e-mail marketing, a questão que fica é: quantos e-mails eu devo mandar para os clientes?

O ideal, para a maioria dos tipos de empresas, é que sejam enviados pelo menos 2 e-mails por semana para a atração, aquisição e conversão de clientes. Contudo, vale ressaltar que esse número é provisório, e você só chegará no resultado ideal para a sua marca depois de diversos testes e entendendo o que funciona para o seu público.

Para te ajudar separamos algumas dicas do que fazer na hora de elaborar suas campanhas:

  • Evite lotar a caixa de entrada dos seus clientes. Às vezes menos é mais;
  • Aposte em conteúdos estruturados e que possuam uma mensagem de valor;
  • Respeite as diretrizes de envio de e-mail e a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados);
  • Analise as métricas após o envio para saber quais estratégias implementar futuramente.

Saiba como melhorar seu e-mail marketing

Gostou das dicas IAGENTE e quer saber mais sobre como melhorar a sua comunicação por meio de e-mails? Conheça as soluções do IAGENTEmail!

Descubra como trabalhar com campanhas de e-mail marketing e alavancar os seus resultados orgânicos, além de melhorar sua comunicação direta com os seus consumidores.

Powered by Rock Convert

Junte-se aos nossos assinantes.

Receba as notícias do nosso blog, quentinhas, direto do forno.



Assine nossa newsletter.





Posts mais vistos