12/10 é Dia das Crianças, e agora: foco nos pais ou nos pequenos?

12/10 é Dia das Crianças, e agora: foco nos pais ou nos pequenos?

12/10 é Dia das Crianças, e agora: foco nos pais ou nos pequenos?

Outubro vem aí e com ele o Dia das Crianças. Já reparou que faltam menos de 20 dias para esta data? Além disso, já pensou nas ações que sua empresa pode fazer? As datas comemorativas são sempre uma ótima oportunidade para movimentar as vendas, isso é fato.

Mas claro, não basta somente planejar suas campanhas. É preciso saber o que fazer. Escolher por utilizar email marketing como estratégia para o Dia das Crianças, por exemplo, pode ser uma ótima opção para aumentar suas vendas e engajar seu público. Se conseguir fazer as duas coisas, aí sim, fica me devendo um café, rsrsr.

Ah! Antes de começar, neste ano o dia Dia das Crianças cai em um sábado. Aí que você precisa antecipar ainda mais seu cronograma para chegar no “Dia D” com tudo certinho, combinado? Bom, vamos às dicas:

Email Marketing para o Dia das Crianças: como utilizar 

Antes de tudo, você deve ter um bom planejamento em mente para sua estratégia ter sucesso. Seja grande ou pequena empresa, você deve saber quando começar, quais ações realizar, qual conteúdo, para quais clientes e que plataforma utilizar (suspiros). Sim, tem tudo isso, mas nós vamos te ajudar. Vai ver que é barbada! 

Mas afinal de contas:Faço campanha para as crianças, para o varejo ou para os pais/responsáveis pelas crianças?”

Dica da IAGENTE: foque nas crianças. Apesar delas não possuírem poder aquisitivo, são elas que influenciam todo o mercado para a hora da compra.

Já que a data é sobre as crianças, estimule o lado lúdico da sua campanha. Quando se pensa nos pequenos, lembramos de diversão, brincadeira, alegria, sorrisos, imaginação, entre infinitas palavras, use isso como auxílio na sua campanha. Mas peraí, ainda não sabe por onde começar? Acompanhe as dicas abaixo e aumente a prospecção do seu email marketing:

1- Economize o tempo do cliente

Esse entendimento é crucial para que você entenda como funciona o fluxo de compra. Um dos motivos para um cliente comprar online é a economia de tempo e a tentativa de evitar tumulto, filas gigantescas de shoppings e estacionamentos caros. Na busca da comodidade, o email marketing é a solução que você deve oferecer aos clientes. Mas lembre-se: você estará concorrendo com outras empresas, ou seja, para vender, seja diferente, esqueça o óbvio. 

2 – Conheça o seu público

O mais importante é conhecer o seu público-alvo. Não esqueça que uma promoção, um desconto, algo que o cliente se sinta favorecido e que possa agradar as crianças, pode fazer a sua empresa se destacar simplesmente por mostrar que pensa no cliente e em sua família. Ah! Outra dica: caso seu cliente não tenha filhos, é bem provável que tenha um sobrinho, ou uma afilhada e até mesmo um animalzinho de estimação, fique atento!

3 – Finalmente a campanha, e agora?

Você deve estar pensando: “Beleza, quero vender. Mas como elaboro minha campanha certeira?” Resposta: Primeiro, você precisa ter claro qual é o propósito da sua campanha: 

A) Atrair novos clientes?

B) Fidelizar os clientes que já possui?

C) Vender produtos complementares aos que já foram comprados?

D) Lançar uma novidade da empresa bem como um novo endereço?

E) Nova Identidade Visual e Site?

Ou a sua opção é simplesmente aproveitar o Dia das Crianças para movimentar as Redes Sociais e massificar sua marca. Enfim, note que podem ser várias opções, tenha e deixe isso bem claro para sua equipe.

4 – Grandes mensagens vão para a lixeira

Na melhor das hipóteses, ao receber um email repleto de informações e pouco chamativo o cliente vai ler a primeira linha e, logo após, sua mensagem será excluída. Pode ser pior: sua mensagem cair direto no SPAM do provedor.

O grande ponto é que, muita informação é entediante. Pense que um cliente normalmente recebe inúmeros emails todos os dias. Com a falta de tempo, não sobra um segundo para ler com calma o que está sendo dito. Por isso aproveite esta chance e crie algo que seja compreendido logo de cara. Seja no assunto, na personalização (chamando o filho dele pelo nome, por exemplo) e claro, na arte. Não me vá errar a segmentação, combinado?

5 – Design é importante!

Digamos que você pensou em tudo, projetou o conteúdo perfeito, estudou os clientes, sabe por onde começar, mas o email não chama a atenção… fuéhh fuéhh fuéhh: tudo em vão. 

Para evitar isso, a imagem tem que ter o mesmo impacto que o conteúdo enviado. Invista em um layout criativo, bem equilibrado, com cores que chamam a atenção. Se não possui uma agência de Design e precisa de ajuda, a IAGENTE disponibiliza templates de email marketing para o Dia das Crianças, ou você pode utilizar o Editor de Arrastar e Soltar da IAGENTE, o Drag and Drop, capaz de promover um bom design sem a necessidade de ser um especialista na área. 

A ordem fica mais ou menos assim:

  • O primeiro impacto sempre será a imagem;
  • Em seguida claro, se o cliente for “fisgado”, vem o texto: chamada, assunto do email, título de sua news, o conteúdo, enfim, tudo!). 

O resto vai assim, meio que no embalo: 

  • Clica em algum produto da sua newsletter;
  • Acessa o site da sua loja;
  • Procura saber mais sobre o produto clicado (link exclusivo por produto);
  • E o caminho natural é entrar em contato via fone ou visitar a loja.

6 – Venda, venda e venda 

Finalmente você conseguiu o que queria: bateu todas as metas de vendas que havia estimado para este Dia das Crianças, certo? 

Se a resposta for NÃO, vamos lá: “algo errado não está certo”. Revise os passos, reveja se realmente o foco de sua campanha era realizar uma venda, se a base de contatos estava atualizada e claro, se sua arte repassava a estratégia traçada. 

Se a resposta for SIM, ponto para você, para sua equipe e para sua empresa! Mas não pense você que basta bater a meta. A dica é vender mais. Para isso, realize vendas cruzadas (Cross-selling). 

O Cross-selling é mais ou menos assim: Digamos que você tem uma loja de brinquedos e, ao vender um item (uma boneca, por exemplo), seu sistema ou sua equipe Comercial ofereça os demais produtos da coleção bem como o carro, a casa, as roupas e o animal de estimação da boneca. Pense além, sempre! 

7 – Seja criativo

Sabemos que já falamos sobre isso neste post, mas segue mais uma vez: FUJA DO ÓBVIO! Nada de “Desperte a Criança que existe dentro de você” ou “Volte a ser criança como nos velhos tempos”. Lembre-se: a campanha não é para os adultos e sim para as crianças (pelo menos estamos defendendo isso aqui neste post). Que tal algo que agrade tanto as crianças quanto os pais:

  • Toda linha dos produtos Disney aqui bem pertinho no Brasil (pode ser que não agrade tanto as crianças, mas os pais e responsáveis tenho certeza);
  • Seu filho merece uma Coleira da Nova coleção NY da PetLOVE (para quem tem um “filho” pet);
  • Dê um presente para a criança mais experiente da sua vida: presenteie seus pais com um Cruzeiro Meridian Ocean.

8 – Acompanhe e avalie os resultados

Esta é a uma das partes mais importantes, pois de nada adianta planejar, pesquisar e elaborar uma grande campanha sem acompanhar os resultados e as métricas. Analisar os pontos positivos e negativos dessa interação com o cliente é fundamental para ter a perspectiva da campanha e corrigir possíveis erros. 

Importante: caso ache interessante, realize envios de emails transacionais (emails enviados a cada transação) após a data comemorativa, com envios de contato para suporte/dúvidas, pesquisa de satisfação ou até mesmo um Recall de determinado produto.

Agora que você já sabe sobre o uso do email marketing para o Dia das Crianças, que tal aproveitar o embalo e organizar suas próximas campanhas aliadas as datas comemorativas? A IAGENTE montou um calendário para te ajudar, baixe agora mesmo!

Baixar calendário de datas comemorativas 2019

Junte-se aos nossos assinantes.

Receba as notícias do nosso blog, quentinhas, direto do forno.



Assine nossa newsletter.





Posts mais vistos