3 Cases de sucesso para você se inspirar na Black Friday.

3 Cases de sucesso para você se inspirar na Black Friday.

3 Cases de sucesso para você se inspirar na Black Friday.

As últimas sexta-feiras de novembro tornaram-se um dos dias mais importantes para o varejo brasileiro: é quando acontece a tão esperada Black Friday. Esse evento foi criado pelos norte-americanos em meados de 1990 com o intuito de abrir a temporada de compras para o Natal. Atraídos pela ideia de poder lucrar mais neste período do ano, lojistas brasileiros aderiram oficialmente ao evento 20 anos depois, em 2010.

Esse dia tão esperado por consumidores e lojistas é responsável por levar milhões de clientes para as lojas físicas e virtuais. Com todo o sucesso que o evento tem, a concorrência acaba se tornando cada vez maior entre as empresas que querem oferecer condições diferenciadas para seus clientes na Black Friday. Diferenciam-se os negócios que fazem boas campanhas de divulgação – eles acabam se destacando e vendendo mais. 

 

PLANEJE

A melhor estratégia para se obter bons resultados durante a Black Friday é: planejamento. Planeje muito bem quais serão as medidas adotadas pela sua empresa, quais serão as ofertas, os descontos, como será estruturada a sua estratégia de marketing digital e, principalmente, tenha uma logística minuciosamente pensada para quando acontecerem os picos de acesso, para não perder as finalizações de compra.

 

CASES DE SUCESSO EM CAMPANHAS DE BLACK FRIDAY

Algumas empresas têm se destacado cada vez mais, inovando nas maneiras de fazer negócio durante a Black Friday. O artigo de hoje vai mostrar três exemplos que são considerados cases de sucesso pelo mercado varejista, por investirem pesado em suas campanhas de Black Friday. Aproveite o conteúdo, inspire-se e busque insights sensacionais que podem fazer o seu negócio lucrar mais neste ano. Vamos juntos?

 

DAFITI

Neste caso, o destaque principal fica pelo modo como a empresa se planeja para a Black Friday, que, no caso da Dafiti, dura toda a semana. Desde 2018 ela estende o período em que as ofertas ficarão disponíveis, geralmente por uma semana antes do dia oficial. Isso permite que uma empresa que possui tantas categorias de produtos como a Dafiti possa fazer quase uma Black Friday por segmento, com ofertas exclusivas e personalizadas para cada um deles. Além disso, a empresa cria um hotsite especial para organizar a quantidade de promoções.

A Dafiti geralmente cria ações para Google Ads, Youtube, redes sociais, entre outras estratégias que, somadas, levam a um grande salto no volume de vendas durante a semana toda.

Uma ação de gerenciamento super bacana que eles passaram a fazer é separar a semana de campanhas por cores, com diferentes ofertas. Por exemplo: White Monday, Blue Tuesday, Red Wednesday, em que descontos específicos são oferecidos em cada dia. Uma sacada genial de diferenciação, que acaba auxiliando ainda na logística de organização dos pedidos.

Com esse case da Dafiti, podemos entender que o segredo para um bom desempenho durante a Black Friday é estruturar a sua campanha bem antes da data, para que toda a logística funcione perfeitamente bem. A Dafiti coloca o seu hotsite no ar com bastante antecedência para que os consumidores conheçam o site e se familiarizem com ele. Além disso, essa estratégia gera uma grande expectativa no público. 

 

RICARDO ELETRO

Já a Ricardo Eletro tem um histórico de trabalho diferente quanto à forma de atrair mais pessoas para as lojas nesta data: criação de vídeos bem humorados, divulgados nas redes sociais e no canal do Youtube da empresa. Nos vídeos, eram feitas brincadeiras com o tema Black Friday  e piadas que faziam comparações de ofertas dos EUA com as do Brasil ou sobre a dificuldade que os brasileiros tinham de pronunciar o nome da data originalmente norte-americana, por exemplo.

Essa foi uma estratégia de sucesso, que considerou, por exemplo, a popularização dos memes e o grande boom dos humoristas. Neste ano, as vendas superaram todas as expectativas e bateram os recordes dos cinco anos anteriores da empresa na Black Friday.

 

Muitas agências de comunicação aproveitam esse momento para testar novos formatos de conteúdo para seus clientes, já que é neste momento que toda a atenção dos seus usuários estão voltadas para suas redes e canais de venda, inicialmente por conta das ofertas e necessidades de compra. Para isso, é preciso criar um mapa que contenha todo o planejamento para produção e divulgação de suas campanhas, com bastante antecedência. Muitas empresas, inclusive, planejam a próxima Black Friday logo depois de terem finalizado a anterior.

 

AMAZON

No que diz respeito a planejamento de campanhas e criação, a Amazon sai totalmente da caixinha e é sempre uma boa empresa para se inspirar. No caso da Black Friday, a empresa optou por, além de fazer as promoções e ofertas no dia padrão, criar o seu próprio evento de ofertas em uma data diferente da que todos seguem.

O objetivo da criação desta data paralela foi o de manter todos os holofotes voltados apenas para o site da Amazon. Em 2020, por exemplo, o período escolhido para realizar o ‘Prime Day’, nome dado ao evento, foi de 13 a 14 de outubro, com 19 países participando (incluindo o Brasil), onde mais de 3,5 bilhões de dólares foram faturados.

A Black Friday tomou hoje proporções tão grandes, que alimenta ainda mais o hábito de consumir. Muitas pessoas passam o ano todo esperando essa data chegar para comprar algum produto específico. E é aí que o trabalho de planejamento da divulgação das campanhas e ofertas especiais entra como componente-chave para o sucesso de vendas do evento.

 

Agora que você já conheceu bons cases de sucesso de Black Friday, conheça nossas soluções de automação e monte sua estratégia para aproveitar a data.

Powered by Rock Convert

Junte-se aos nossos assinantes.

Receba as notícias do nosso blog, quentinhas, direto do forno.



Assine nossa newsletter.





Posts mais vistos